terça-feira, 28 de junho de 2011

PAI O MEU PORTO SEGURO

  A dor da saudade e a carência por um abraço, um colo. Os meus olhos não podem mais ver os teus, esse encontro nunca mais ira acontecer, Foi embora para nunca mais voltar, nem mesmo poderei  te chamar Pai, porque jamais me escutara... Ainda  faz parte das minhas lembranças, o ultimo olhar, era como estivesse se  despedindo de mim, da vida. Quando voltei aquele quarto já não estava mais,foi embora não esperou por mim, pai  eu disse que iria voltar mais tarde...Porque não me esperou? me deixou sozinha,me senti tão desamparada, perdida , sem rumo, sem o meu porto seguro, uma parte de mim  se foi... porque Deus  te levou, porque? Posso dizer que a minha vida é dividida em duas partes, antes e depois  de te perder.  Tenho a impressão que a dor da saudade jamais passara,  meu amor por você  é eterno  e pensar que nunca mais poderei te ver, é um dor sem explicação, fiquei sem chão, precisei tanto de um ombro amigo ,alguem que ficasse ao meu lado,mesmo que em silêncio, me desse um abraço  para aliviar a dor dessa perda... Mais nem tudo que queremos podemos realizar nesta hora mesmo as pessoas que parecem estar perto, estão tão longe, e a que esta longe, esta tão perto, em um cantinho do coração arraigado em um sentimento de amizade. O bem mais precioso que um ser humano pode ter
saudades de você pai... te amo